Ano Novo, vida nova. Ou ao menos é o que nos acostumamos a escutar todos os anos.

Publicado em 03/01/2024.

Tempo de leitura: 5.7 minutos.

E é com base nessa impressão de que iniciaremos uma “nova vida” que determinamos nossas Resoluções de Ano Novo. Mas é preciso ter cuidado na hora de traçar essas metas, para assim aumentar as chances de sucesso e evitar frustrações.

Então, hoje vamos entender melhor a importância das metas de ano novo, e aprender a usar esse momento para iniciar uma jornada rumo à saúde e à perda de peso.

Mudança radical ou gradual: qual a melhor forma?

Esse é um debate frequente, e às vezes intenso. Muitos defendem que uma mudança brusca e radical é a melhor forma de se conseguir, por exemplo, uma perda de peso significativa. Ou seja, parar de comer frituras e doces, diminuir drasticamente a ingestão de gorduras saturadas e açúcares e malhar todos os dias.

Mas essas grandes mudanças são difíceis de implementar, e trazem consigo um grande desconforto. E, a cada dia que passa, as evidências mostram que a motivação e a construção de hábitos saudáveis são essenciais para a perda de peso e, principalmente, para a manutenção dos resultados [1]Teixeira PJ, Silva MN, Mata J, Palmeira AL, Markland D. Motivation, self-determination, and long-term weight control. Int J Behav Nutr Phys Act. 2012 Mar 2;9:22..

Dito em outras palavras, além da perda de gordura corporal, as mudanças nos hábitos e na parte psicológica são essenciais no processo. Por isso, começar aos poucos, de forma gradual, pode ser uma boa ideia, já que isso ajuda a construir essa nova forma de viver.

A importância das metas viáveis

Começar janeiro com uma dieta 100% saudável e praticando exercícios todos os dias pode parecer um excelente objetivo. Mas, as pessoas realmente conseguem fazer isso de uma hora para outra?

Nesse ponto precisamos diferenciar o que é possível daquilo que é viável. Ou seja, muitas vezes é possível fazer algo, mas é difícil encaixar esse algo na rotina diária. Por isso que mudanças radicais, mesmo que sejam para melhor, são mais fáceis de serem abandonadas. Nestes casos, o ideal é começar aos poucos, dando um passo de cada vez:

1. Reconhecer a condição

Pode parecer algo bobo, mas reconhecer que a obesidade é uma condição de saúde que precisa de tratamento especializado é o passo mais importante da sua jornada de perda de peso. E pode ser algo bastante difícil para algumas pessoas.

Isso ocorre porque admitir que há algo relacionado à saúde que precisa de atenção pode mexer ainda mais com as emoções e a autoestima. Mas é necessário.

2. Mudanças na alimentação

O principal pilar da perda de peso é a alimentação, uma vez que tudo o que comemos é aproveitado, de uma forma ou outra, por nosso organismo. No entanto, nossa alimentação também está ligada a outros fatores, que não são necessariamente alimentícios:

  • Socialização, já que as refeições são momentos importantes na convivência familiar
  • Forma de lidar com a ansiedade e outros desconfortos emocionais
  • Bem-estar, já que a comida é uma conhecida fonte de prazer

Então, simplesmente parar de comer “besteiras” é difícil.

Nossa dica é: busque orientação médica para começar aos poucos, com metas simples como “começar a comer frutas” ou “trocar o pão comum pelo integral“. Pode parecer pouco, mas são mudanças que, com o tempo, podem ajudar a construir uma rotina alimentar saudável.

3. Exercícios físicos

Outro pilar importantíssimo da perda de peso é a prática de exercícios, que pode trazer uma série de benefícios:

  • Maior queima de calorias
  • Melhora do metabolismo
  • Melhora do humor e da motivação
  • Incentivo a socialização

Mas, ao mesmo tempo, iniciar alguma atividade física nova pode ser difícil para muitas pessoas. Então, nossa dica é: comece devagar, seja com uma caminhada leve ou exercícios simples em casa. O importante é criar o hábito.

Depois de iniciada, a prática de exercícios vai se tornando mais fácil, principalmente quando começamos a notar os benefícios que ela traz. Importante ter em mente que ao sentir qualquer incômodo ou para praticar exercícios mais avançados, deve-se buscar o auxílio de um profissional qualificado.

4. Buscar ajuda especializada

Como a obesidade é uma condição de saúde que pode levar a sérias consequências[2]Apovian CM. Obesity: definition, comorbidities, causes, and burden. Am J Manag Care. 2016 Jun;22(7 Suppl):s176-85., iniciar um tratamento com profissionais experientes torna o processo mais fácil e seguro. Mas qual profissional procurar?

Isso vai depender de cada caso. É possível buscar por uma clínica especializada em tratamento de obesidade, ou, caso não seja possível encontrar uma perto de você, buscar um endocrinologista, nutricionista, nutrólogo ou até mesmo um clínico geral para que o especialista possa solicitar os exames, avaliações e encaminhamentos necessários.

O importante aqui é iniciar a busca por um tratamento que mais se adeque a você.

Comecei pequeno. E agora?

Sabemos que as mudanças de estilo de vida e a busca por auxílio profissional podem ser difíceis, principalmente no início.

Mas, após esse primeiro passo, manter uma regularidade na alimentação e na prática de exercícios vai se tornando mais fácil. Isso é ainda mais visível quando o processo é acompanhado por profissionais especializados em obesidade, já que eles conhecem formas de ajudar que nem sempre estão claras para nós.

Então, após esse início gradual, é possível:

  • Aumentar a intensidade ou a frequência dos exercícios
  • Otimizar a dieta
  • Tratar outros problemas que estão, de alguma forma, ligados à obesidade

Além disso, com o passar do tempo, a tendência é ter uma melhora da autoestima e do humor, ou seja, a jornada de perda de peso, iniciada com pequenos passos, pode levar tanto ao emagrecimento quanto a uma melhora da saúde e do bem-estar.

Conclusões

As resoluções de ano novo podem ser excelentes aliadas da sua jornada de perda de peso, mas devem ser definidas tendo em mente metas viáveis.

Assim, precisamos ter em mente que iniciar uma mudança, mesmo que pequena, já é um primeiro passo rumo a uma vida mais saudável.

  • Marcar uma consulta com um especialista em obesidade
  • Começar a fazer 30 minutos de caminhada por dia
  • Diminuir a quantidade de açúcar
  • Começar a comer frutas todos os dias, mesmo que só uma porção

Todas essas ações podem parecer pequenas, mas são o início de uma jornada de perda de peso. E toda jornada começa com o primeiro passo.

Referências

Referências
1 Teixeira PJ, Silva MN, Mata J, Palmeira AL, Markland D. Motivation, self-determination, and long-term weight control. Int J Behav Nutr Phys Act. 2012 Mar 2;9:22.
2 Apovian CM. Obesity: definition, comorbidities, causes, and burden. Am J Manag Care. 2016 Jun;22(7 Suppl):s176-85.

Compartilhe esta história...

Medicamentos para perda de peso: como eles funcionam?
Alimentação e festas do fim de ano

Ver mais postagens do blog