Como usar esta ferramenta

Aqui está um guia geral do caminho percorrido pelo paciente até o tratamento da obesidade no Brasil:

1.

Consulta com um profissional de saúde

2.

Avaliação pré-operatória com o cirurgião bariátrico

3.

Verificação e autorização do plano de saúde (se aplicável)

4.

Agendamento da cirurgia

Começando

Dê o primeiro passo em direção a um estilo de vida mais saudável iniciando sua jornada de perda de peso hoje.

Passos para o tratamento:

01.

Faça o teste de risco de obesidade

Responda a algumas perguntas simples sobre sua saúde e histórico médico.

02.

Consulta com um profissional de saúde

Leve esses resultados para sua próxima consulta e discuta suas opções de tratamento.

03.

Encontre um especialista

Se o seu médico recomendar tratamento adicional, encontre um especialista em tratamento de obesidade perto de você.

Você é elegível?

A cirurgia bariátrica geralmente é recomendada para pessoas com um IMC de 40 ou mais (indicando obesidade grave) ou um IMC de 30 ou mais (indicando obesidade) com condições de saúde como diabetes, hipertensão e apneia do sono.

Calcule seu IMC*

Seu IMC pode ser uma medida inicial útil para identificar sua classificação de peso e seus fatores de risco de obesidade.

SUA ALTURA

cm

SEU PESO

kg

SEU IMC É

40.0

Classificação de peso: Obeso III

Risco de doença relacionada: Risco muito grave de comorbidades

< 18

sua classificação de IMC

Abaixo do peso

Aumento do risco de comorbidade

18 - 25

sua classificação de IMC

Peso normal

Baixo risco de comorbidade

25 - 30

sua classificação de IMC

Sobrepeso

Aumento do risco de comorbidade

30 - 35

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau I

Risco moderado de comorbidade

35 - 40

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau II

Risco grave de comorbidade

40 - 45

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau III

Risco de comorbidade muito grave

Para uma compreensão mais completa das suas opções de tratamento

O IMC não é relevante se você for menor de 18 anos ou estiver gestante.

Seus resultados

Seu IMC é

41.5

Sua classificação de IMC: Obese III

Seu risco de comorbidade: Very severe risk of comorbidities

< 18

sua classificação de IMC

Abaixo do peso

Aumento do risco de comorbidade

18 - 25

sua classificação de IMC

Peso normal

Baixo risco de comorbidade

25 - 30

sua classificação de IMC

Sobrepeso

Aumento do risco de comorbidade

30 - 35

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau I

Risco moderado de comorbidade

35 - 40

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau II

Risco grave de comorbidade

40 - 45

sua classificação de IMC

Obesidade
Grau III

Risco de comorbidade muito grave

O IMC pode ser uma medida inicial útil para identificar sua classificação de peso e seus fatores de risco de obesidade. Ele também pode indicar se você está em risco de desenvolver outros problemas de saúde.

SEU PESO
ATUAL

40kg

IMC 40.0

IMC SAUDÁVEL
PESO

88kg

IMC 24.9

PERDA DE PESO NECESSÁRIA PARA
ALCANÇAR UM IMC SAUDÁVEL

24kg

ou 28% do seu peso corporal total

Cobertura do plano de saúde

É fundamental entrar em contato diretamente com seu plano de saúde para obter informações sobre a cobertura para tratamento da obesidade e quaisquer requisitos específicos.
Eles podem fornecer informações mais atualizadas sobre sua apólice, limitações de cobertura, procedimentos de pré-autorização e qualquer documentação ou avaliação adicional que possa ser necessária.

           

Selecione o seu plano de saúde

Ao selecionar seu plano de saúde, forneceremos as informações mais relevantes para você

           

Sistema Único de Saúde - SUS

O sistema público de saúde do Brasil, conhecido como SUS, oferece serviços de saúde gratuitos para a população, incluindo a cirurgia bariátrica. No entanto, devido à alta demanda e à limitação de recursos, é possível que haja listas de espera para procedimentos não emergenciais. A elegibilidade para realizar a cirurgia bariátrica através do SUS depende de fatores como o Índice de Massa Corporal (IMC), a presença de comorbidades e as regulamentações específicas de cada região.

Para iniciar o processo, o primeiro passo é buscar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) próxima a você. Na UBS, você poderá agendar uma consulta com um médico da família ou clínico geral, irá dar início ao tratamento da obesidade, que pode incluir a cirurgia bariátrica.

Opções de pagamento

O sistema público de saúde do Brasil, o SUS, oferece serviços de saúde à população, incluindo cirurgia bariátrica. A elegibilidade para a cirurgia bariátrica pelo SUS dependerá de regulamentações regionais específicas e da disponibilidade de recursos. Se você se qualificar para o procedimento pelo SUS, ele será gratuito.

Plano de saúde privado

Os planos de saúde privados, popularmente conhecidos como "convênios", podem oferecer cobertura para uma variedade de abordagens de tratamento da obesidade, incluindo a opção da cirurgia bariátrica. A extensão da cobertura pode variar de acordo com o plano de saúde contratado.

Em caso de dúvidas ou para obter informações mais detalhadas, é recomendado entrar em contato direto com a empresa responsável pela contratação. Dessa forma, você poderá esclarecer quaisquer questões específicas sobre a cobertura para a cirurgia bariátrica ou outras abordagens de tratamento para a obesidade.

Opções de pagamento

Existem diversos métodos de pagamento para a realização da cirurgia bariátrica no Brasil, eles dependem do seu momento financeiro e da instituição de saúde onde a cirurgia será realizada.

Plano de Saúde: Se o seu plano de saúde possui cobertura para cirurgia bariátrica, isso reduz significativamente suas despesas pessoais. Verifique sua apólice para confirmar se a cirurgia bariátrica está coberta e quais requisitos ou limitações específicas podem ser aplicados ao procedimento.

Entre em contato com a sua seguradora para entender a extensão da cobertura, quaisquer processos de pré-autorização e a documentação necessária.

Pagamento Particular: Se não possui plano de saúde ou se a cirurgia bariátrica não é coberta pelo seu plano, você pode optar por pagar pela cirurgia de maneira particular. Nesse caso, você precisará discutir o custo diretamente com a instituição de saúde ou cirurgião bariátrico escolhido.

O custo da cirurgia bariátrica pode variar a depender do procedimento, do prestador de serviços de saúde ou de quaisquer serviços adicionais incluídos no pacote (como avaliações pré-operatórias, cuidados pós-operatórios e consultas de acompanhamento).

Opções de Financiamento: Algumas instituições de saúde ou centros de cirurgia bariátrica no Brasil podem oferecer opções de financiamento ou planos de pagamento para ajudar você a gerenciar o custo da cirurgia. Esses arranjos permitem que você pague pela cirurgia em parcelas ao longo de um período especificado.

É importante perguntar sobre as opções de financiamento diretamente ao prestador de serviços de saúde ou à instituição para entender os termos e condições, incluindo taxas de juros ou taxas administrativas que possam ser aplicadas.

É aconselhável discutir suas opções de pagamento com o prestador de serviços de saúde ou com o cirurgião bariátrico, para determinar o método mais adequado para a sua situação específica. Eles podem fornecer informações detalhadas sobre custos, opções de pagamento disponíveis e quaisquer programas de assistência financeira adequados.

Plano de saúde coberto pelo empregador

Os planos de saúde privados, popularmente conhecidos como "convênios", podem oferecer cobertura para uma variedade de abordagens de tratamento da obesidade, incluindo a opção da cirurgia bariátrica. A extensão da cobertura pode variar de acordo com o plano de saúde contratado.

Em caso de dúvidas ou para obter informações mais detalhadas, é recomendado entrar em contato direto com a empresa responsável pela contratação. Dessa forma, você poderá esclarecer quaisquer questões específicas sobre a cobertura para a cirurgia bariátrica ou outras abordagens de tratamento para a obesidade.

Opções de pagamento

Existem diversos métodos de pagamento para a realização da cirurgia bariátrica no Brasil, eles dependem do seu momento financeiro e da instituição de saúde onde a cirurgia será realizada.

Plano de Saúde: Se o seu plano de saúde possui cobertura para cirurgia bariátrica, isso reduz significativamente suas despesas pessoais. Verifique sua apólice para confirmar se a cirurgia bariátrica está coberta e quais requisitos ou limitações específicas podem ser aplicados ao procedimento.

Entre em contato com a sua seguradora para entender a extensão da cobertura, quaisquer processos de pré-autorização e a documentação necessária.

Pagamento Particular: Se não possui plano de saúde ou se a cirurgia bariátrica não é coberta pelo seu plano, você pode optar por pagar pela cirurgia de maneira particular. Nesse caso, você precisará discutir o custo diretamente com a instituição de saúde ou cirurgião bariátrico escolhido.

O custo da cirurgia bariátrica pode variar a depender do procedimento, do prestador de serviços de saúde ou de quaisquer serviços adicionais incluídos no pacote (como avaliações pré-operatórias, cuidados pós-operatórios e consultas de acompanhamento).

Opções de Financiamento: Algumas instituições de saúde ou centros de cirurgia bariátrica no Brasil podem oferecer opções de financiamento ou planos de pagamento para ajudar você a gerenciar o custo da cirurgia. Esses arranjos permitem que você pague pela cirurgia em parcelas ao longo de um período especificado.

É importante perguntar sobre as opções de financiamento diretamente ao prestador de serviços de saúde ou à instituição para entender os termos e condições, incluindo taxas de juros ou taxas administrativas que possam ser aplicadas.

Assistência Médica Suplementar (AMS)

Algumas associações profissionais ou sindicatos oferecem programas de assistência médica suplementar exclusivos para seus membros. Esses programas podem incluir a realização da cirurgia bariátrica. Se você é membro de uma associação profissional ou sindicato, é recomendado que se informe sobre a disponibilidade desses programas e as opções de cobertura que eles oferecem.

Tipos de tratamento

No Brasil, vários tipos de tratamento para a obesidade estão disponíveis. O tipo de tratamento recomendado para você dependerá de vários fatores, incluindo seu perfil de saúde individual, objetivos de perda de peso e recomendação do médico.
Caso o médico indique a cirurgia bariátrica como opção de tratamento, é importante conhecer quais são os diferentes tipos e abordagens disponíveis. Listamos algumas aqui:

Bypass Gástrico: A cirurgia de bypass gástrico é um procedimento bariátrico comumente realizado no Brasil. Envolve a remodelagem do estômago com uso de grampos que isolam mais de 90% de sua capacidade e a ligação direta com o intestino delgado. Isso restringe a quantidade de alimentos que você pode comer e reduz a absorção de nutrientes, levando à perda de peso.

Gastrectomia Vertical: Conhecida como sleeve ou manga gástrica, é outra opção popular de cirurgia bariátrica no Brasil. Envolve a remoção de uma grande parte do estômago para criar um estômago menor em formato de manga. Isso reduz a capacidade do estômago e promove uma sensação de saciedade com refeições menores, auxiliando na perda de peso.

Banda Gástrica Ajustável: A banda gástrica ajustável ou banda gástrica laparoscópica, envolve a colocação de uma banda ajustável ao redor da parte superior do estômago, criando assim uma pequena bolsa. A banda pode ser apertada ou afrouxada conforme necessário, restringindo a ingestão de alimentos e promovendo a perda de peso. É um procedimento puramente restritivo, sem ressecção do estômago ou redirecionamento intestinal.

Derivação Biliopancreática com Switch Duodenal (BPD-DS): A derivação biliopancreática com switch duodenal, também conhecida por desvio pancreático, é uma opção de cirurgia bariátrica mais complexa. Combina uma gastrectomia vertical com um desvio intestinal significativo, reduzindo tanto a capacidade do estômago quanto a absorção de nutrientes. A BPD-DS oferece potencial para perda de peso significativa, mas pode exigir um acompanhamento nutricional mais próximo a longo prazo.

Essas são algumas das opções comuns de cirurgia bariátrica disponíveis no Brasil. A escolha do tipo de cirurgia depende de fatores como seu IMC, histórico médico, estilo de vida e preferências individuais. Seu médico ou cirurgião bariátrico avaliará e recomendará o procedimento mais adequado para você. Eles explicarão os benefícios, riscos e resultados esperados de cada opção para ajudá-lo a tomar uma decisão informada.

É importante observar que a disponibilidade e a adequação de tipos de cirurgia bariátrica podem variar entre as instituições de saúde e as circunstâncias individuais dos pacientes. A consulta a um profissional de saúde qualificado no Brasil é essencial para obter conselhos e orientações personalizadas sobre a opção de cirurgia bariátrica adequada às suas necessidades.

Conheça nosso buscador de médicos

Encontre um especialista em obesidade

Artigos úteis

Aqui está uma lista de associações oficiais e órgãos governamentais no Brasil que abordam o cuidado da obesidade e a cirurgia bariátrica:

1 Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) Site: https://www.sbcbm.org.br/
2 Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) Site: https://www.abeso.org.br/
3 Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) Site: https://www.endocrino.org.br/
4 Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) Site: https://www.asbran.org.br/
5 Ministério da Saúde Site: https://www.gov.br/saude/pt-br

Essas organizações e órgãos governamentais podem fornecer informações, recursos e apoio relacionados ao cuidado da obesidade, cirurgia bariátrica e condições relacionadas no Brasil.